domingo, 13 de agosto de 2017

A Santa Casa da Misericórdia


No centenário de Nossa Senhora de fátima não podiamos deixar de assinalar o trabalho das quase 400 Misericórdias atualmente existentes em Portugal que apoiam diariamente cerca de 165 mil pessoas, as Misericórdias são ainda responsáveis por iniciativas litúrgicas como a Semana Santa e o Dia da Visitação, entre outros.




A instituição remonta à fundação, em 1498, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, pela rainha D. Leonor. A Rainha D. Leonor, viúva de Dom João II, passou a dedicar-se intensamente aos doentes, pobres, órfãos, prisioneiros e artistas e patrocinou a fundação da Santa Casa, instituindo a primeira legítima ONG do mundo, em um tempo em que seria impensável a existência de uma instituição social que se declarasse leiga e não governamental.



Atualmente, a instituição está presente em todo o país, sendo a de maior porte a de Lisboa, que se encontra no Largo Trindade Coelho, entre o Chiado e o Bairro Alto. Este largo é denominado popularmente como Largo da Misericórdia ou Largo do Cauteleiro, devido à estátua representando um cauteleiro no largo, que evoca a lotaria e os jogos organizados pela Santa Casa. site: http://www.ump.pt/

a visitar no Porto:
O MMIPO - Museu da Misericórdia do Porto encontra-se em pleno centro
histórico do Porto, na rua das Flores, no edifício que foi sede da
instituição a partir de meados do século XVI até ao ano de 2013.

MMIPO - Museu da Misericórdia do Porto